Como Investir Dinheiro
Home » Finanças Pessoais » Reserva de emergência. Onde investir?

Reserva de emergência. Onde investir?

30 de novembro de 2019 - 10 views Reserva de emergência. Onde investir?

 

Reserva de emergência qual a importância de ter uma? Investimento é uma palavra que começou a ser usada com mais frequência no Brasil. Com a redução da taxa de juro e a melhora na questão dos empregos no Brasil, mais pessoas vem se interessando no assunto.

Uma das primeiras medidas a se fazer, na hora de investir é construir uma reserva de emergência. Mas você sabe o que é uma reserva de emergência?

O que é?

A reserva de emergência precisa estar disponível a qualquer momento, sendo que a mesma precisa contar com uma boa rentabilidade.

A rentabilidade esperada de uma reserva de emergência deve ser de pelo menos, 100% do DI. Então, o investidor deve procurar algum investimento que possa ser acessado com rapidez, que tenha liquidez, além de segurança e boa rentabilidade.

Porque construir uma reserva de Emergência?

Em grande parte, os investidores alocam seus recursos em ativos visando o longo prazo. Isso significa que o dinheiro pode ficar aplicado por muito tempo.

Dentro desse período o acesso ao capital pode ser limitado. Se ocorrer uma situação onde o investidor precisa de dinheiro para arcar com alguma despesa emergencial, ou coisa do gênero, esse valor investido pode não estar acessível, ocasionando problemas ao investidor.

Por isso é importante manter um patrimônio alocado em aplicações de liquidez imediata, seguras e com boa rentabilidade.

Outro motivo para manter uma reserva de emergência está baseado no risco de demissão. Por mais que você esteja seguro em seu atual trabalho, a demissão nunca deixará de ser um risco.

O brasileiro leva, aproximadamente até 10 meses para conseguir um emprego que ofereça uma renda similar ao último.

Colocando isso na conta, na tentativa de ser um pouco mais “consciente”, seria bom o investidor manter esses 10 salários em sua reserva de emergência.

Se o pior ocorrer, a sua carteira que está alocado em ativos de longo prazo, pode permanecer “intacta” enquanto a sua reserva de emergência será utilizada até que você consiga um novo emprego.

Tesouro Selic

Um dos primeiros investimentos que você pode utilizar como reserva de emergência é o Tesouro Selic.

O Tesouro Selic é uma letra do Tesouro Direto que segue de perto a taxa Selic. A letra em questão entrega praticamente 100% da taxa Selic.

Em questão de segurança, o Tesouro Selic também é bem seguro. Dentre todos os ativos disponíveis no Brasil, as letras do Tesouro Direto estão entre as mais seguras.

O Tesouro Direto possui garantia do Tesouro Nacional. Sendo que essa garantia é maior e melhor do que o FGC.

Hoje para investir em uma fração da letra do Tesouro Selic, você precisa ter pouco mais de R$ 100,00. Portanto, estamos falando de um investimento acessível também.

Tanto bancos quanto corretoras oferecem a possibilidade de investir em letras do Tesouro Direto sem pagar taxa administrativa.

Para conseguir ter certeza se a instituição que você pretende utilizar para investir no Tesouro Direto isenta seus clientes de tal taxa, basta você procurar por tais informações, no próprio site do Tesouro Direto, ou junto à instituição.

Pi Selic

reserva-de-emergencia-onde-investir

Agora, em sequência, teremos 3 fundos que investem em Tesouro Selic, mas não cobram de seus cotistas a taxa administrativa.

Ou seja, os 0,25% ao ano que a B3 cobra para manter os seus títulos sobre custódia não é cobrado de você, e assim, você consegue fazer o seu dinheiro render ainda mais.

Por exemplo; se você possui R$ 100.000,00 em Tesouro Selic, ao investir no fundo Pi Selic, você vai conseguir aumentar sua rentabilidade, ao ano, em pelo menos R$ 250,00!

Parece ser pouco, quando comparamos essa rentabilidade com o valor total que está sendo investido, porém, essa quantia já é o suficiente para pagar várias coisas.

A Pi é uma instituição “nova”, que existe a pouco tempo no mercado, e vem oferecendo aos seus clientes vários tipos de produtos financeiros diferenciados.

Para investir no fundo da Pi você precisa ter R$ 30,00. Talvez, dentre todos os fundos, esse seja aquele que exige o valor de aporte inicial menor. Ótima oportunidade para você começar a construir a sua reserva de emergência.

BTG Pactual digital Tesouro Selic Simples FI RF

fundo-btg-pactual-como-investir-dinheiroO fundo da BTG Pactual foi o pioneiro nessa movimentação de isenção de taxa administrativa para aqueles que investem no fundo.

Essa movimentação torna o fundo, consequentemente, mais rentável. É melhor investir em um fundo desses do que na própria letra.

O melhor disso tudo, é que a BTG Pactual é uma grande instituição financeira. Sendo assim, você pode ficar tranquilo com o seu dinheiro.

O problema é que comparando o valor de entrada do fundo do BTG contra o fundo da Pi, temos uma boa diferença. No fundo do BTG você precisa de R$ 500,00 no mínimo.

Então se você não possui muitos recursos e quer começar o quanto antes a construir sua reserva, o fundo da Pi parece ser mais interessante.  Mas antes de dar o veredito vamos analisar o fundo da Órama.

Órama DI

órama-fundos-como-investir-dinheiroO fundo da Órama exige um investimento inicial de R$ 100,00. Então temos o fundo Órama Di no meio dos outros dois fundos já mostrados.

A Órama também é uma instituição com mais tempo de vida, além de contar com um bom histórico. A empresa, em seu início só trabalhava com fundos de investimento.

Posteriormente ela começou a oferecer produtos de renda fixa e atualmente conta até com um Home Broker, plataforma que concede a possibilidade do investidor de operar na bolsa de valores.

Veredito!

Dentre todas essas opções, com certeza o fundo da Pi é aquele mais interessante porque oferece liquidez diária, isenção de taxa, investimento em um produtos altamente seguro além do valor de entrada, extremamente acessível. Com R$ 30,00 você já consegue investir nesse fundo e assim construir a sua reserva de emergência.

O meio termo fica com a Órama que permite uma entrada de R$ 100,00, já o BTG Pactual, mesmo sendo aquele que começou com esses fundos, possui o fundo isento de taxa menos acessível, exigindo uma entrada de R$ 500,00.

Bom, se você está procurando um investimento para iniciar sua reserva de emergência, aqui, você tem pelo menos 4 tipos.

Relacionados

1 comentário para “Reserva de emergência. Onde investir?

Deixe seu comentário

© 2022 - Como Investir Dinheiro