Como Investir Dinheiro
Home » Fundos Imobiliários » Conheça o Fundo Imobiliário BRCR11

Conheça o Fundo Imobiliário BRCR11

11 de novembro de 2020 - 5 views Conheça o Fundo Imobiliário BRCR11

Você já conhece o fundo imobiliário BRCR11? Confira neste conteúdo, uma série de informações e análise completa deste fundo que vem fazendo sucesso entre investidores.

O BRCR11 é o maior fundo de investimento imobiliário de lajes corporativas listado em bolsa do Brasil, suas cotas estão sendo negociadas em mercado organizado da B3 desde seu IPO, ocorrido em dezembro de 2010, sob o ticker BRCR11. 

Constituído em junho de 2007 o BRCR11 tem como objetivo primordial a realização de investimentos em lajes corporativas, estrategicamente localizados nas principais cidades do Brasil.

Com base nessa estratégia, o portfólio do BC Fund é composto atualmente por 13 imóveis do tipo laje corporativa de escritórios localizados em São Paulo e Rio de Janeiro. Os imóveis são locados por diversas empresas nacionais e multinacionais renomadas, tais como, Gerdau, Volkswagen, Linkedin, CNN e Petrobras, entre outras.

Gestor: BTG Pactual

Valor Patrimonial do Fundo: R$ 2,8 Bilhões

Número de Ativos: 13

Valor Patrimonial: R$ 106,21

P/VP: 0,84

Dividend Yield: 0,53%

Estratégias de gestão de portfólio do BC Fund

De acordo com informações divulgadas pelos administradores do BRCR11, os negócios do fundo são norteados com base nos seguintes pilares:

  • Expandir o portfólio buscando oportunidades de investimentos rentáveis;
  • Manter uma reciclagem eficiente do portfólio de imóveis;
  • Buscar aumentos reais dos valores de locação dos imóveis do portfólio;
  • Reduzir ineficiências por meio da Gestão Ativa;
  • Manter o foco em eficiência financeira e estratégias de crescimento responsável.

Histórico de Proventos

Em média o retorno por cota (Dividend Yield) pago pelo BRCR11 aos seus cotista fica próximo aos 0,50%, o que pode ser considerado um percentual baixo, se considerarmos que existem alguns fundos no mercado que chegam a pagar até mesmo o dobro ou mais em dividendos aos cotistas.

No entanto, há de se destacar, que ao longo do tempo o BRCR11 demonstra um histórico muito constante em relação a distribuição de dividendos.

Dividend Yield no último mês:

  • Retorno por cota: 0,53%
  • Em relação ao valor de cota atual: R$ 0,4709

Dividend Yield nos últimos 3 meses:

  • Retorno por cota: 1,55%
  • Em relação ao valor de cota atual:  R$ 1,3811

Dividend Yield nos últimos 6 meses:

  • Retorno por cota: 3,03%
  • Em relação ao valor de cota atual: R$ 2,7027

Dividend Yield nos últimos 12 meses:

  • Retorno por cota:  6,62%
  • Em relação ao valor de cota atual: R$ 5,8973

Indicadores de Receitas e Distribuição de Ativos

Segundo o último relatório divulgado pelos seus gestores, o BRCR11, divide seus ativos e investimentos em lajes corporativas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, tendo como locatários, importantes empresas do setor financeiro, automobilístico e de serviços.

Dos ativos do fundo BRCR11 em termos de área bruta locável 70,1% é classificado na categoria AAA, 6,8% na categoria A e 23,1% na categoria B.

Conforme os gráficos abaixo detalham, podemos observar ainda, que 78,4% das receitas do fundo imobiliário, tem origem em imóveis localizados na cidade de São Paulo, enquanto 21,6% estão alocados no Rio de Janeiro.

Distribuição dos Ativos

Confira logo abaixo, a lista completa de ativos que atualmente fazem parte da carteira do fundo BRCR11, sua área bruta locável, vacância, principais inquilinos, cidade e classe.

Edifício BFC 

Classe:

Cidade: São Paulo 

Percentual do Edifício:   23% 

Área Bruta Locável: 9.984m² 

Vacância: 8,3% 

Principais inquilinos: Grupo Pan, Itaú, WeWork

Edifício Burity 

Classe:

Cidade: São Paulo

Percentual do Edifício:  100% 

Área Bruta Locável: 10.550m² 

Vacância: 0,0%

Principais inquilinos: Banco GMAC, Grupo Pan

Edifício CENESP

Classe:

Cidade: São Paulo 

Percentual do Edifício:  31% 

Área Bruta Locável: 64.480m²

Vacância: 39,0% 

Principais inquilinos: Ernst & Young, Acticall, BB

Edifício CEO Office 

Classe: AAA 

Cidade: Rio de Janeiro

Percentual do Edifício: 27% 

Área Bruta Locável: 4.782m²

Vacância: 0,0%  

Principais inquilinos: Tim

Edifício Cidade Jardim 

Classe: AAA 

Cidade: São Paulo 

Percentual do Edifício:  50% 

Área Bruta Locável: 7.458m²

Vacância: 0,0%  

Principais inquilinos: Aqua, Banco ABC, Felsberg, Pátria

Edifício Diamond Tower 

Classe: AAA 

Cidade: São Paulo  

Percentual do Edifício: 100% 

Área Bruta Locável: 36.918m²

Vacância: 8,3%  

Principais inquilinos: Samsung, Cargill

Edifício Eldorado 

Classe: AAA 

Cidade: São Paulo  

Percentual do Edifício: 34% 

Área Bruta Locável: 22.246m²

Vacância: 4,6% 

Principais inquilinos: ACE Seguradora, Anbima, Linkedin

Edifício Montreal 

Classe:

Cidade: Rio de Janeiro  

Percentual do Edifício: 100% 

Área Bruta Locável: 6.439m²

Vacância: 27,2% 

Principais inquilinos: Estácio, Patry s

Edifício MV9 

Classe:

Cidade: Rio de Janeiro  

Percentual do Edifício: 100% 

Área Bruta Locável: 15.174m²

Vacância: 0,0%  

Principais inquilinos: INPI

Edifício Senado 

Classe: AAA 

Cidade: Rio de Janeiro  

Percentual do Edifício: 20% 

Área Bruta Locável: 19.035m²

Vacância: 0,0%  

Principais inquilinos: Petrobras

Edifício Sucupira 

Classe: AAA 

Cidade: São Paulo  

Percentual do Edifício: 21% 

Área Bruta Locável: 7.534m²

Vacância: 0,0%  

Principais inquilinos: Sanofi

Edifício Transatlântico 

Classe:

Cidade: São Paulo 

Percentual do Edifício: 28% 

Área Bruta Locável: 4.208m²

Vacância: 12,5%  

Principais inquilinos: Mattel, Rockwell

Edifício Volkswagen 

Classe:

Cidade: São Paulo  

Percentual do Edifício: 100%  

Área Bruta Locável: 12.560m²

Vacância: 0,0%  

Principais inquilinos: Volkswagen

Considerações Finais

Em uma breve análise do fundo imobiliário BRCR11, é possível concluir o que grande parte dos investidores que atuam neste mercado já descobriram: O BRCR11 é um bom fundo de investimentos imobiliário, principalmente para aqueles que gostam de investir em lajes corporativas.

No entanto, cabe uma importante ressalva, a concentração de seus ativos em apenas duas capitais do país e que por sinal estão presentes na mesma região, pode ser um fator de risco a ser analisado.

Quanto ao pagamento de dividendos, o BRCR11 também não é a melhor opção, mas também não está entre as piores.

E você, investe ou investiria no fundo imobiliário BRCR11? Para saber mais sobre esse e outros fundos e também sobre outros tipos de investimentos, salve nos favoritos e continue acompanhando o Como Investir Dinheiro!

Observação: Vale destacar, que este conteúdo é meramente informativo e não constitui indicação de investimento. Cabe única e exclusivamente ao investidor a responsabilidade por suas tomadas de decisão.

Relacionados

Deixe seu comentário

© 2022 - Como Investir Dinheiro