Como Investir Dinheiro
Home » Fundos Imobiliários » LGCP11 - O fundo imobiliário do Banco inter

LGCP11 - O fundo imobiliário do Banco inter

27 de novembro de 2019 - 38 views LGCP11 - O fundo imobiliário do Banco inter

Mais um fundo focado na área logística será lançado no mercado. Estamos falando de LGCP11. O fundo será lançado e administrado pelo banco Inter (antigo Intermedium).

O valor da cota é de R$ 100,00, sendo que na oferta pública, o valor inicial de investimento  (de reserva) é de R$ 1.000,00. O investidor terá que adquirir no mínimo 10 cotas do fundo.

O valor pode parecer  alto, mas está bem razoável. Quando comparamos as ofertas públicas de FII contra o mercado de ações identificamos que a oferta pública de LGCP11 está “acessível”. Segue mais informações sobre a oferta pública do fundo;

fundo-imobiliário-do-banco-interNa imagem acima temos todos os dados referentes ao cronograma de lançamento do fundo. No dia que está sendo produzido o artigo (dia 22/11) as corretoras já estão recebendo as ordens de reserva para a aquisição das cotas do fundo.

Então, o fundo ainda não é negociado em bolsa. LGCP11 está sendo ofertada aos investidores interessados no momento.

Após esse período (que se encerra no dia 28/11), a aquisição das cotas por meio da oferta pública se encerra e o valor destinado às reservas (ou aquisição das cotas) é liquidado.

Você tem o interesse de investir no fundo LGCP11? Se estiver interessado ou não, é importante dar uma olhada em nosso artigo até o final.

Venha conferir mais detalhes sobre LGCP11! Assim você terá uma opinião sobre o FII e poderá decidir; investir ou não?

Qual é a carteira do fundo LGCP11?

Todo fundo imobiliário necessariamente possui algum investimento. Existem fundos que compram imóveis ou participações. Temos fundos que investem em cotas de outros FII.

Fundos que investem, somente em CRI e LCI e aqueles que investem em imóveis específicos, como é o caso de LGCP11.

Lá no início do artigo já entregamos o “spoiler” (Mais um fundo focado na área logística). LGCP11 vai investir em propriedades logísticas.

Esses imóveis são utilizados como armazéns. Sendo que muitas vezes, grandes companhias têm o interesse de comprar ou locar tais propriedades.

Com uma economia em ascensão, é interessante investir em imóveis logísticos. Quem sabe os imóveis não se valorizaram com o passar do tempo? E assim, passam a remunerar ainda mais os cotistas. Uma situação assim pode favorecer muito o investimento em um fundo como LGCP11.

É meu caro leitor, na hora de analisar o mercado de FII, ou qualquer outro, é preciso levar questões econômicas a sério!

Pois bem, o fundo pretende levantar o capital total de 215 milhões de reais, aproximadamente.

Essa quantia será utilizada para aquisição de 3 propriedades. De acordo com a oferta pública, os imóveis não serão adquiridos em 100%, na verdade, o investimento  cobrirá uma fração de cada. Segue mais informações na imagem a seguir;banco-inter-fundo-imobiliárioDentro dos retângulos vermelhos existem os valores referentes aos aportes em cada propriedade. O último aporte é referente ao valor para custear as operações.

Basicamente, todo o valor levantado na oferta pública vai ser destinado na aquisição das participações. O restante é provável que fique em caixa (gerando liquidez ao fundo).

Observando a estratégia do fundo, acredito que LGCP11 parecer ser bem interessante. LGCP11 vai investir em 3 propriedades diferentes localizadas em regiões diferentes do Brasil.

Isso mostra certa diversificação. Nenhum dos investimentos está concentrado todo o capital do fundo.

Aliás, ao olhar a disposição dos investimentos, o mesmo parece bem equilibrado. A divisão entre as 3 propriedades está “harmoniosa”.

Só recapitulando, os investimentos serão realizados nos seguintes imóveis;

  • Empreendimento Viana – 35% – Espirito Santo – Valor total de R$ 73.689.344,90.
  • Empreendimento Goiânia – 30% – Goiás – Valor total de R$ 63.990.420,15.
  • Empreendimento Contagem, – 30% – Minas Gerais – Valor total de R$ 64.320.234,95.

Resumindo; olhando a questão de diversificação, LGCP11 é um fundo que está diversificado, mas não chega a ser um HGLG11 (que investe em mais de 10 imóveis), mas também não é um SDIL11 (que possui participação em 2 empreendimentos logísticos, sendo mais “concentrado”).

Enfim, os dois fundos mencionados (HGLG11 e SDIL11) vem oferecendo boa valorização aos seus cotistas no atual ano. Coisa que pode acontecer com LGCP11.

Participar da oferta inicial é uma boa?

Olhando a instituição que é administradora do fundo, podemos ver que o FII terá uma boa base. O banco Inter é um (ou aquele) que mais cresce no Brasil.

Tanto em questão de business quanto na quantidade de clientes o banco Inter vêm se destacando.

Agora ao analisar o fundo, o mesmo é interessante, mas ele vem agregando pontos que já são explorados por outros FII.

Você pode tentar conquistar uma valorização na abertura das negociações do fundo no mercado. Isso pode realmente ocorrer.

O que acontece é o seguinte; vários fundos, quando são lançados na bolsa, acabam registrando forte valorização em seus primeiros dias de negociação.

Um bom exemplo é o lançamento do fundo BBPO11. Lá em 2012, quando o FII foi lançado, o mesmo chegou a se valorizar, quase 20%! Porém, o FII tinha uma grande diferença para os demais da época.

BBPO11 estava administrando agencia bancarias e alugando para o Banco do Brasil, obtendo assim, um contrato atípico com duração de 10 anos. Algo excelente do ponto de vista; da rentabilidade e eventual valorização das cotas no mercado.

Porém, no caso de LGCP11 não existe uma garantia dessas. Ou seja, é possível que os inquilinos nem seja, assim, tão bons, ou tenham um contrato atípico de longa duração, em moldes semelhantes ao de BBPO11, por exemplo.

Levando tudo isso em consideração, vejo uma boa possibilidade de investimento, mas não me arriscaria em participar da oferta pública.

Caso você esteja interessado e conta com recursos “sobrando na conta” então, o investimento pode ser interessante. Mas, se não for esse o seu caso, existem outras possibilidades na bolsa que podem beneficiar você e sua carteira.

Dentre elas HGLG11 é uma. O fundo possui investimentos em vários galpões logísticos, possui um patrimônio acima dos 1 bilhão de reais (valor que é 5 vezes maior do que o patrimônio do próprio LGCP11), sendo que o fundo já está em pleno funcionamento, possui rendimentos sendo pagos mensalmente e ainda conta com uma grande liquidez.

Relacionados

1 comentário para “LGCP11 – O fundo imobiliário do Banco inter

Deixe seu comentário

© 2022 - Como Investir Dinheiro