Como Investir Dinheiro
Home » Contas Digitais » Render dinheiro no mercado pago. Vale a pena?

Render dinheiro no mercado pago. Vale a pena?

29 de novembro de 2019 - 104 views Render dinheiro no mercado pago. Vale a pena?

Render dinheiro no mercado pago, como Funciona ?

Parece que as pessoas vêm buscando cada vez mais aproveitar tudo o que o dinheiro pode nos oferecer.

Instituições financeiras digitais vêm “pipocando” no mercado, e, além disso, as empresas que já existiam tentam de todas as maneiras, manter o seu protagonismo no mercado.

Uma dessas empresas (que vem se expandido) é o mercado pago. Agora o seu dinheiro rende no mercado pago! Mas será que render dinheiro no mercado pago, é uma boa mesmo?

Comparando os rendimentos

Quando vamos comparar os rendimentos entre o que o mercado pago nos oferece e outras alternativas de investimento, fica claro que render dinheiro no mercado pago é “mais ou menos”.

A definição de “mais ou menos” é baseada na própria rentabilidade que o mercado pago lhe concede, que é 100% do DI.

Só para explicar, o 100% do DI é equivalente a 100% da taxa Selic. Sendo que a taxa Selic é a nossa taxa básica de juro. De 45 em 45 dias, o Banco Central brasileiro define uma nova taxa de juro, ou pode permanecer com a mesma.

Atualmente, no momento em que escrevo esse artigo, nossa taxa de juro está em 5% ao ano, Portanto, o DI está próximo disso também.

Voltando as comparações; deixar o dinheiro na poupança, ao invés do mercado pago não vale a pena. Hoje a poupança oferece 70% do DI mais TR. 70% do DI é bem menos que os 100%.

Por outro lado, o Tesouro Selic, título do Tesouro Direto que oferece rendimento baseado na Selic, consegue entregar resultado semelhantes, mas conta com a proteção do Tesouro Nacional, ou seja, uma segurança maior para o dinheiro dos investidores.

Enfim, é importante analisar todos esses dados antes de tomar uma atitude com relação ao capital. Outro ponto; várias instituições oferecem títulos com vencimentos (mais longos ou mais curtos) tendo rendimentos maiores, como 110% do DI e alguns podem chegar aos 120% do DI!

Resumindo; o rendimento do mercado pago é mediano. Não é o pior e também não é o melhor do mercado. Vamos analisar outras situações e ver se render dinheiro no mercado pago é uma boa.

Tarifas e custos no mercado pago?

Para deixar o seu dinheiro no mercado pago você não paga nada. Se isso fosse há uns 10 anos, provavelmente o mercado pago seria algo inovador em nosso mercado financeiro.

Mas atualmente, com tantas instituições online surgindo, não cobrar de seus clientes é quase que uma obrigação. Segue imagem com mais detalhes;

dinheiro-render-na-conta-do-mercado-pago

Aparentemente, o mercado pago faz a retenção, somente de IR (Imposto de renda). Tirando a poupança, LCI e alguns outros investimentos, todos os outros possuem a retenção de IR na hora do resgate.

Com o mercado pago o negócio não é diferente. Se o cliente retirar algum valor da conta, com o seus rendimentos, esses rendimentos sofrerão a retenção.

O site não especifica questões como a tabela de IR, mas considerando que o IR é o mesmo para todos, segue tabela com a alíquota regressiva;

mercado-pago-rendendo-dinheiro-investir

Sendo assim, mesmo no curto prazo, o dinheiro do mercado pago, ainda renderá mais do que o da poupança. O dinheiro no mercado pago não sofre a retenção de IOF, se for resgatado antes do 30 primeiro dias (coisa que acontece com outras aplicações).

Resumindo; a conta do mercado é sem custos, os rendimentos ocorrem diariamente, e o seu dinheiro sofre a retenção de IR, caso seja resgatado, mas não possui a retenção de IOF.

Até aqui, temos uma vantagem com relação ao IOF, coisa que favorece deixar render dinheiro no mercado pago.

Comodidade

A comodidade é outro item importante na hora de considerar deixar render o dinheiro no mercado pago.

Querendo ou não, ao deixar o dinheiro na conta, você tem a disponibilidade de utilizar o mesmo em diferentes operações. Pode ser na hora de comprar algum item, ou até para pagar contas, como luz, telefone, água, enfim, das mais diferentes.

O “problema” em investir em CDB, ou outros produtos financeiros que possuem vencimento longo, é a questão da disponibilidade.

Esses investimentos não vão oferecer ao investidor a possibilidade de utilizar o mesmo a qualquer momento.

Vamos supor que você tem uma posição em Tesouro Selic. Para conseguir utilizar o capital aplicado, será necessário emitir uma ordem de resgate, e em questão de um dia após, o dinheiro estará em sua conta.

Essa “lentidão” pode gerar um pouco de transtorno ao investidor, caso ele precise pagar a conta no mesmo dia, por exemplo.

Já pelo mercado pago esse problema não existe, uma vez que o capital já está disponível. Sendo assim, posso dizer que o único competidor direto do mercado pago, seria a poupança.

A poupança tem a possibilidade de ser utilizada para pagar contas, coisa que o mercado pago também oferece.

Render dinheiro no mercado pago é bom?

 

Depende do seu objetivo. Se você está a procura de um investimento que pode oferecer ganhos acima da média, o mercado pago não é para você.

Em uma situação assim, você precisa de investimento em produtos de renda variável, como ETF, ações, fundos imobiliários e demais.

Inclusive produtos de renda fixa que pagam mais do que 100% do DI são uma alternativa, dentre eles temos os LCI, CDB, CRI entre outros.

Se o seu caso está vinculado a uma pessoa que precisa de uma conta, para pagar contas, mas gostaria que o dinheiro lá rendesse então o mercado pago pode ser uma opção.

A conta do mercado pago possui o rendimento de 100% do DI, algo que é superior a poupança. Além de sua rentabilidade, a conta do mercado pago serve como uma conta normal. Boa parte de suas transações que  já são executadas normalmente em uma conta “online” pode ser executada pelo mercado pago.

Colocando tudo isso na ponta da caneta, temos uma conta muito boa, mas que possui um rendimento compatível com o mercado, não sendo algo extraordinário.

Só mais um detalhe importante. O mercado pago ainda não é um banco, por isso o mesmo não possui garantia do FGC!

Relacionados

Deixe seu comentário

© 2022 - Como Investir Dinheiro