Como Investir Dinheiro
Home » Ações » Como montar uma carteira de investimentos?

Como montar uma carteira de investimentos?

14 de outubro de 2020 - 22 views Como montar uma carteira de investimentos?

Como montar uma carteira de investimentos? Essa é uma dúvida clássica dos novos investidores. Afinal, como aliar rentabilidade e riscos controlados? Como potencializar os ganhos sem colocar todo o patrimônio em risco?

Montar uma boa carteira de investimentos, certamente fará toda diferença para os seus resultados como investidor e para ajudar você nos seus objetivos, separamos algumas dicas sobre como montar uma carteira de investimentos que você não pode perder!

Conhecendo o seu perfil de investidor

Conhecer o próprio perfil como investidor é o primeiro passo a ser dado por quem pretende montar uma boa carteira de investimentos. Para descobrir o seu perfil, basta abrir conta em uma corretora de valores ou então começar a investir diretamente pelo seu banco. O teste para definição do perfil é obrigatoriamente disponibilizado por estas instituições aos seus clientes que desejam investir, sendo os seus resultados divididos em três grupos, veja:

  • Conservador
  • Moderado 
  • Arrojado

A definição do grupo em que cada investidor se enquadra é baseada no seu perfil, experiência no mercado e nível de aceitação aos riscos, parâmetros que são medidos por meio de perguntas simples.

Conservador

O perfil conservador, por exemplo, é para o investidor que prioriza a segurança do seu capital antes de qualquer coisa. Esse tipo de investidor prefere obter rentabilidades menores com as suas aplicações, mas ter a certeza de que o seu patrimônio permanecerá intacto e não suscetíveis aos riscos e variações de alguns tipos de investimentos.

Moderado

Já o perfil moderado é destinado ao investidor que aceita equilibrar a segurança com algum grau de risco por rentabilidades possivelmente mais altas. Em geral esse tipo de investidor monta a sua carteira de investimentos mesclando ativos de baixo risco como é o caso da renda fixa, com ativos de maior risco, como ações e fundos imobiliários, por exemplo.

Agressivo

Esse é o perfil onde se enquadram investidores experientes e arrojados, como é o caso dos day traders, por exemplo. Esse perfil de investidor está disposto a qualquer coisa para obter as maiores rentabilidades possíveis, mesmo que para isso acabem perdendo dinheiro em algum momento.

Como montar uma carteira de investimentos diversificada?

carteira-de-investimentos-diversificada

Após conhecer o seu perfil de investidor é hora de finalmente começar a montar a sua carteira de investimentos. Carteira essa, que indiscutivelmente e independente do seu perfil precisa ser bem diversificada com o objetivo de reduzir risco e otimizar a sua rentabilidade. Sendo assim, não invista todo o seu capital ou a maior parte dele em um único ativo, diversifique!

Para diversificar a sua carteira, faça uma mescla entre ativos da renda fixa e da renda variável, levando em consideração o seu perfil como investidor. Investidores conservadores concentram 80% ou mais do seu capital na renda fixa, enquanto os investidores agressivos investem 80 ou mais do seu capital na renda variável.

Na renda fixa, aposte principalmente nos CDBs e no Tesouro Direto. Lembrando que quanto maiores os prazos para resgate, maiores as rentabilidades oferecidas. Já na renda variável, aposte em ações, fundos imobiliários e fundos de investimentos. Opções que certamente poderão oferecer maiores rendimentos que os títulos da renda fixa.

Preferencialmente, mantenha na renda fixa a sua reserva de emergências em um montante equivalente a 6 meses ou 1 ano de todas as suas despesas. Em geral, os investimentos de renda fixa permitem o resgate antecipado dos recursos investidos caso um imprevisto aconteça.

Defina os seus objetivos e descubra como montar uma carteira de investimentos ideal

objetivos-como-investidor

Para montar a sua carteira de investimentos, também é preciso levar em consideração os seus objetivos como investidor.

Quais são os seus objetivos? Conquistar a independência financeira? Garantir uma aposentadoria tranquila? Realizar uma viagem ou adquirir um carro ou uma casa?

A definição dos objetivos possui grande importância para o investidor. Para aqueles que pensam em acumular capital para uma aposentadoria tranquila ou para alcançar a independência financeira por exemplo, as melhores opções certamente estão nos fundos e planos de previdência privada e também nos fundos imobiliários.

Afinal, enquanto os planos de previdência garantem um bom resgate ou uma renda extra no futuro, uma boa carteira de fundos imobiliários pode garantir excelente rentabilidade com base no pagamento mensal de dividendos.

Já para aqueles que possuem objetivos de curto ou médio prazo, como realizar uma viagem ou comprar um bem, como um carro ou uma casa, a melhor opção estão nos títulos públicos e privados ou em ações. Opções de investimentos que na maioria das vezes possui rentabilidade imediata e possibilidade de resgate a qualquer momento.

Estude e conheça em detalhes todas as opções oferecidas pelo mercado

conheça-os-principais-ativos-do-mercado-financeiro

São muitas as opções em termos de investimentos oferecidas pelo mercado, por isso, ao pensar em como montar uma carteira de investimentos, considere reservar um tempo para estudo a fim de conhecer as vantagens e desvantagens, o funcionamento e os riscos envolvidos em cada tipo de ativo.

No mercado de investimentos o conhecimento é a chave do sucesso, sendo assim, até mesmo grandes investidores, como Warren Buffett e muitos outros dedicam-se a estudar e todos os dias.

É importante ter uma ideia não só dos principais tipos de investimentos, como também dos fatores externos de mercado que podem influenciar nos seus resultados, como a queda da Taxa Selic ou a variação do dólar, por exemplo.

Com uma boa bagagem de conhecimento a respeito do mercado e também dos seus ativos, você reduzirá significativamente os seus riscos conseguindo ao mesmo tempo maximizar a sua rentabilidade e os seus ganhos.

Considerações finais sobre como montar uma carteira de investimentos

Como foi possível observar por meio dos tópicos anteriores, para montar uma boa carteira de investimentos é preciso conhecer o seu perfil, os seus objetivos, diversificar, conhecer os fatores externos que podem afetar os seus investimentos e estudar sempre.

Sendo assim, recomendamos que você salve o Como Investir Dinheiro nos favoritos do seu navegador. Assim, você ficará sempre bem informado em relação aos fatos mais importantes do mercado e também garantirá acesso a dicas relevantes acerca do mercado de investimentos, tanto na renda fixa, quanto na renda variável.

Gostou do nosso conteúdo e acredita que ele possa ajudar outras pessoas? Então, não deixe de compartilhar com seus amigos nas suas redes sociais, assim você ajuda o Como Investir Dinheiro a crescer e nos incentiva a produzir novos conteúdos diariamente.

Relacionados

Deixe seu comentário

© 2022 - Como Investir Dinheiro