Como Investir Dinheiro
Home » Finanças Pessoais » Alugar ou financiar um imóvel, o que vale mais a pena?

Alugar ou financiar um imóvel, o que vale mais a pena?

25 de outubro de 2019 - 9 views Alugar ou financiar um imóvel, o que vale mais a pena?

Alugar ou Financiar? Entenda a Diferença no Seu Bolso

Alugar ou financiar? A princípio a resposta para esta pergunta pode parecer simples e óbvia. Se realizamos uma rápida pesquisa, boa parte dos entrevistados escolheria a segunda opção: Financiar.

Mas, porquê a maior parte da população acredita que financiar seja o melhor negócio? A resposta também seria simples e objetiva. “É melhor pagar pelo que um dia será meu, no aluguel pagarei pelo resto da vida por algo que nunca será meu por direito.”

Realmente o argumento parece convincente, mas não sob a luz da matemática financeira e do mundo dos investimentos.

Acompanhe este artigo até o final e entenda o motivo, pelo qual os investidores por incrível que pareça, consideram o aluguel como a melhor opção.

Calculando os Custos de um financiamento imobiliário

calculando-os-custos-de-um-financiamento-imobiliario-como-investir-dinheiro

É eu sei que a esta altura a ideia de que alugar pode ser melhor do que financiar não parece verdade. Por isso, vamos aos números, pois eles não mentem!

Vamos imaginar que você tenha escolhido um imóvel no valor de R$ 380.000,00 para adquirir. Veja que estamos usando aqui um valor médio para baixo, sendo perfeitamente possível a escolha por imóveis com valores mais elevados, principalmente nas grandes cidades.

Nos financiamentos imobiliários em geral, o prazo ofertado para financiamento é de 30 anos. Portanto iremos, considerar este mesmo prazo em nossos cálculos.

Considera-se ainda que você possuía algumas reservas e decidiu por uma entrada de 10% do valor do imóvel, ou seja R$ 38.000,00. Quero lembrar que aqui neste exemplo estamos sendo generosos, pois dificilmente se conseguiria atualmente uma entrada menor do que 20%.

A taxa de juros utilizada será a média ofertada atualmente pelo mercado de crédito imobiliário, ou seja 10%.

Agora vamos aos cálculos:

  • Valor da Entrada: R$ 38.000,00
  • Valor Financiado com o Banco: R$ 342.000,00
  • Valor Aproximado da Parcela: R$ 3.033,16
  • Valor Total Pago Pelo Imóvel: R$ 1.053.936,14
  • Valor Total dos Juros: R$ 711.936,14

É isso mesmo, amigo leitor, não se assuste, mas você estaria adquirindo um imóvel pelo preço de três. Na verdade você até poderia estar pensando que seria um excelente negócio, mas estaria apenas ajudando os bancos a se enriquecerem cada vez mais!

Aqui não entraremos nos detalhes matemáticos que nos levaram a chegar a estes valores. Pois tornaria este texto complexo e não é este o nosso objetivo. Se você deseja fazer outras simulações, indicamos a utilização da plataforma https://urbe.me/calculadora que é super intuitiva.

Calculando o Tempo de Aluguel para Compra do Imóvel à Vista

calculando-o-tempo-de-aluguel-para-compra-do-imovel-a-vista-como-investir-dinheiro

Agora iremos realizar os cálculos para aquisição de um mesmo imóvel á vista, por um comprador que decidiu viver um período de aluguel e posteriormente adquirir o imóvel sem pagar pelos juros.

Para isso é necessário e extremamente importante que a pessoa tenha uma rotina rígida de investimento e uma excelente organização financeira.

Consideramos agora, que ao invés de comprar o imóvel financiado, um investidor optou por morar de aluguel em uma casa ou apartamento ao custo mensal de R$ 1.000,00.

O valor referente a diferença que seria pago ao banco através de parcelas, ou seja R$ 2.033,16, foi aplicado em um investimento conservador e sem qualquer riscos, o tesouro SELIC, a uma taxa de 6% ao ano.

Considerando ainda que durante o período o mesmo imóvel sofreu valorização passando a custa cerca de R$ 500.000,00.

Concluímos que seria necessário cerca de 12 anos para que o mesmo imóvel fosse adquirido de forma integral e à vista.

Durante os 12 anos de economia houve um custo aproximado de R$ 200.000,00 no pagamento do aluguel, considerando possíveis reajustes ao longo do período.

Por parte do investidor, foi poupado no período o valor de R$ 292.775,04.

Somando o valor de aluguel pago com o valor investido no período chegamos ao montante de R$ 492.775,04.

Agora vamos subtrair este mesmo valor, do montante total pago durante o financiamento: RR$ 1.053.936,14 – 492.775,04 = R$ 561.161,10.

Como resultado para esta simulação chegamos a uma economia superior a meio milhão de reais. Sim amigo leitor,parece algo totalmente fora da realidade, mas ao optar pelo financiamento você estaria perdendo meio milhão.

E esse valor, pode ser ainda maior!

Se o investidor continuasse aplicando o mesmo valor de R$ 2.033,16 até o fim do período de 30 anos, no tesouro SELIC o valor acumulado ao final seria de aproximadamente R$ 440.000,00, isso sem considerar as respectivas correções. Uma bela reserva não?

Com este valor você poderia comprar outros bens, garantir a sua aposentadoria ou a faculdade dos seus filhos!

Queremos lembrar que o nosso intuito aqui não é adotar uma posição radicalmente contra aos financiamentos, pois temos a convicção que muitas famílias hoje só alcançaram a casa própria após as políticas de financiamento imobiliário.

Desejamos apenas esclarecer e fornecer um conteúdo de qualidade e altamente relevante para o desenvolvimento financeiro de nossos leitores. Com base nas informações apresentadas esperamos que cada um possa definir com a base em suas necessidades a melhor opção.

Vantagens e Desvantagens de Alugar e Financiar um Imóvel

vantagens-de-financiar-um-imovel-como-investir-dinheiro

Veja abaixo as principais vantagens e também as desvantagens do aluguel e do financiamento imobiliário.

Vantagens de Alugar um Imóvel

Mobilidade: Possibilidade e facilidade de mudança de endereço, pois você não está preso a um contrato de financiamento.

Durante a nossa vida, podem surgir algumas situações que nos forcem a mudar até mesmo de cidade, como a aprovação em um concurso público ou um boa oportunidade de emprego. Porém a venda de um imóvel financiado não é algo tão simples. Pois, para que essa transação se concretize o comprador precisa quitar o financiamento ou ser aprovado pelo banco para assumir as prestações restantes do contrato.

Outra possibilidade está relacionada às mudanças que podem ocorrer na região do imóvel, como por exemplo um aumento repentino da violência. Com um imóvel alugado você pode mudar-se facilmente, já com um financiado ficará ainda mais difícil vender devido a violência.

Morando de aluguel é só procurar um novo imóvel e fazer as malas.

Necessidade de menor capital: Alugar um imóvel é uma opção mais econômica se compararmos com as parcelas do financiamento de um imóvel.

Mais capital para investir: Com a diferença do valor pago no aluguel e o valor pago pelo financiamento será possível realizar investimentos e obter outras fontes de renda.

Desvantagens de Alugar um Imóvel

Reajustes: Ao alugar um imóvel o inquilino estará sujeito aos reajustes anuais dos valores do aluguel do imóvel.

Restrição a mudanças: Em um imóvel alugado reformas e adequações estão restritas e dependem da concordância do proprietário.

Vantagens de Financiar um Imóvel

Por outro lado também podem existir vantagens no financiamento de um imóvel.

Possibilidade de reformas e mudanças: Em um imóvel financiado existe a possibilidade de realizar mudanças e reformas que não seriam possíveis em um imóvel alugado.

Valorização do imóvel: Outra vantagem a ser considerada é a possibilidade de valorização do imóvel financiado, que pode fazer frente aos valores perdidos em função dos pagamentos dos juros.

Parcelas fixas: Ao financiar um imóvel você contará com uma previsão de todas as parcelas até o final do contrato de financiamento, sendo possível se planejar e não sofrer com os reajustes anuais dos contratos de aluguel.

Desvantagens de Financiar um Imóvel

Valor da Entrada: Um das maiores dificuldades para quem pretende financiar um imóvel é a exigência de altos valores de entrada para a aquisição do imóvel e assinatura do financiamento.

Limitação Orçamentária: Devido aos altos custos de um financiamento, é preciso está preparado para um longo período de limitação no orçamento familiar.

Perda da Mobilidade: Ao assumir um contrato de financiamento de longo prazo, o comprador também assume que não poderá se deslocar facilmente para outro local, uma vez que não seria tão simples vender este imóvel a um terceiro, se desfazendo do negócio.

Burocracia: A aquisição de imóveis através de financiamento bancário requer perseverança e paciência, visto que são exigidos inúmeros documentos, pagamentos de taxas e muitas idas e vindas ao banco até que tudo seja concretizado.

Afinal, alugar ou financiar?

Já dizia o ditado, “Se conselho fosse bom, não se dava, mas se vendia!”

Amigo leitor, considerando os números envolvidos em ambas as situações fica claro que a opção por alugar um imóvel e poupar para uma futura aquisição à vista seja a melhor opção.

As taxas de juros envolvidas nas operações ainda são consideradas altas e acabam comprometendo boa parte da renda familiar. Porém existem por outros lados diversos outros fatores de aspecto pessoal a serem considerados em sua decisão.

Portanto, com base nas informações aqui recebidas, reflita e descubra a melhor opção para você.

Se deseja saber a opção indicada pelos economistas de forma estrita. A resposta é: Alugar é mais vantajoso do que financiar! Por incrível que pareça, pode acreditar!

Continue acompanhando o nosso blog e esteja sempre por dentro de diversos assuntos ligados ao mercado e também a educação financeira!

 

Relacionados

2 comentários para “Alugar ou financiar um imóvel, o que vale mais a pena?

Deixe seu comentário

© 2022 - Como Investir Dinheiro